sábado, 19 de junho de 2010

O texto de Gabi.


Quem sou eu?

Pelo o que me conheço sou alguém como qualquer outra pessoa, perfeitamente normal. Tenho meus gostos, meus defeitos, meus deveres, assim como tenho qualidades e direitos, afinal ninguém é perfeito! Não sou melhor do que ninguém, mas nem por isso sou pior do que os outros. Tenho meu próprio conceito em relação às coisas.

Sabe qual é a diferença entre mim e 90% das pessoas? É que eu não tento ser o que sou para agradar a ninguém . Não tento seguir regras para agradar a uma sociedade hipócrita, na qual vivemos.

Gosto de novas amizades, vivo para ser feliz e deixo a vida me levar. Penso do jeito que eu quero e não mudo minha maneira de se ser por ninguém. Eu aprendi que a gente não pode ficar triste por coisas fúteis, que não valem a pena e só devemos chorar por quem mereça as nossas lágrimas. A gente tem que entender que a vida não é perfeita, mas que a felicidade existe.

Este texto foi de uma aluna (Gabrielle Santos, da turma do 2º Ano-tarde, da Escola Artur Mendonça, Moreno-PE)
Achei massa!!!

3 comentários:

aurea disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
aurea disse...

Juliana,o texto que sua aluna Gabrielle fez achei muita bacana... Esta menina vai longe...

Anônimo disse...

Gostei da interpretação do texto de vida que desenvolveu. Parabéns!!!